RESUMÃO: Brasil 0 x 2 Estados Unidos Amistosos 2018

Neymar marca, e Seleção inicia novo ciclo com vitória

Brasil bate os Estados Unidos por 2 a 0 na primeira partida após a Copa do Mundo e camisa 7 se destaca. Tite observa quatro novatos no segundo tempo

RESUMÃO

O novo ciclo da Seleção começou com vitória. Nesta sexta-feira, o Brasil bateu os Estados Unidos por 2 a 0, em Nova Jersey. Os gols foram marcados por Roberto Firmino e Neymar – de pênalti – ainda no primeiro tempo. Com atuação segura e diante de um adversário em clara renovação, a equipe de Tite não teve muitas dificuldades para construir o placar e contou com um Douglas Costa inspirado. O lance que abriu o placar, em jogada do camisa 7 e finalização de Firmino, deixou a sensação de que as coisas poderiam ter sido diferentes no Mundial não fossem algumas lesões e outras opções da comissão técnica. Mas não é hora de olhar para trás: a caminhada até o Catar já começou.

Melhores momentos: Estados Unidos 0 x 2 Brasil em amistoso internacional

90 MINUTOS
Fred no meio, Douglas Costa na ponta e Firmino no ataque. Mudanças que a torcida gostaria de ter visto na Copa do Mundo, mas que só foram vistas nesta sexta-feira, no primeiro amistoso do novo ciclo da Seleção. Na Rússia, Tite não pode usar Douglas Costa e Fred (além de Renato Augusto) como gostaria por questões físicas. Já a permanência de Firmino no banco durante todo o Mundial foi uma opção do treinador. Quis o destino que dois deles dessem início à vitória em Nova Jersey: Douglas fez linda jogada pela direita e cruzou para o camisa 20 abrir o placar.

Naquele momento, o Brasil já controlava o jogo. E foi assim durante os 90 minutos. Diante de um rival com média de idade baixa, a Seleção não teve dificuldades (foi ameaçada apenas em jogadas de bola parada). As principais jogadas nasceram pelos lados do campo, com Neymar e Douglas. O camisa 7, aliás, foi o melhor jogador em campo. O segundo gol saiu ainda na etapa inicial em pênalti duvidoso sofrido por Fabinho e convertido por Neymar. No segundo tempo, o Brasil esteve perto do terceiro gol algumas vezes, mas faltou caprichar mais no último passe e na finalização. No fim, Tite colocou alguns novatos em campo para dar início à renovação. O primeiro desafio do novo ciclo foi fácil e deixou claro que às vezes é necessário mudar para seguir em frente.